Feliz... Adaptado... Produtivo... Um pássaro numa gaiola a antibióticos...

segunda-feira, março 19, 2007

Disse que disse

Não serei porventura o único elemento da raça humana ao qual, através de pequenos comentários originários de chalaças entre amigos, um código linguístico alternativo se tornou predominante.

Faz tudo parte do processo de socialização, diria ipsis litteris a psicologia social, afinal de contas está establecido como norma que o indivíduo procure tornar-se membro de um determinado conjunto social, aprendendo seus códigos, suas normas e regras básicas de relacionamento. Até aí tudo bem.

A coisa apenas falha quando já fora deste grupo de pertença, damos por nós a proferir, largo e bom som, termos tão em desuso como Baril, ou então tão pouco em voga como Bacano, e porque não o sempre excessivo Men...

Em jeito de auto-defesa, resta-nos apenas afirmar que nós próprios estávamos a gozar com um qualquer anúncio que ouvimos por aí. Valha-nos a constante falta de inspiração dos anúncios de rádio e TV, aos quais podemos sempre apelar como desculpa para a nossa própria falta de fixeza.

p.s. Carameeeeeeeelo...

1 comentário:

gabi disse...

Este post fez-me lembrar aquela altura em que na ESCS andava muito em voga entre nós a palavra yeah!!
Palavra esta que era proferida sempre que alguem do dito grupo aparecia - substituiu na altura muitas vezes a palavra ola.

Bons tempos!!!

P.s: Sabes que trabalhar à noite tem a vantagem de poder ir a festas - da ESCS por exemplo. E nesta encontrei seguranças da escs, profs que na altura eram alunos...enfim foi um reencontro :)

Beijokaaa