Feliz... Adaptado... Produtivo... Um pássaro numa gaiola a antibióticos...

segunda-feira, fevereiro 25, 2008

Caça-fantasmas

Quem no decorrer da sua semana dedicar algum tempo ao denominado zapping, poderá por vezes deparar com pequenos tesouros (ou tesoiros) da cultura ocidental. Esse achado fortuito é no entanto pouco frequente, sendo bastante mais provável encontrarmos grandes doses de quinquilharia.

Uma dessas doses de quinquilharia dá pelo nome de Ghost Whisperer, na versão original, ou pelo nome de Entre Vidas, na SIC, ou Em Contacto, na FOX. O facto de a série ter vários nomes diferentes tem unicamente a ver com o facto de que o nome, as personagens ou mesmo a história pouco interessam para a audiência.

Para os menos atentos, esta séria conta com Jennifer Love Hewit no papel principal, e narra a história de uma moça que tenta conciliar uma vida profissional, social e amorosa com o facto de ser capaz de ver pessoas... mortas.
Aqui, e à semelhança de um filme porno, onde à falta de enredo nos é fornecido em alternativa um pretexto para que adultos façam sexo por dá cá aquela palha, esta série pouco mais é do que uma série de personagens e diálogos pouco elaborados que justificam que possamos observar (em diversas peças de roupagem diferentes) o decote da actriz principal durante 20 minutos sem nos sentirmos demasiados culpados.

O processo de interiorização da série é semelhante ao de um desastre rodoviário, onde vamos a passar por acaso e inconscientemente abrandamos só para ver se por acaso não haverá algo mais para ver.

Cuidado, é viciante...

1 comentário:

Arhis disse...

Uma investigação aprofundada das semelhanças entre a série e os filmes porno deve explicar as razõe fundamentais porque ambos agradam aos homens: ausência de conteúdos, enfoque nas saliências femininas, dialogos inexistentes e na realidade, não existe!