Feliz... Adaptado... Produtivo... Um pássaro numa gaiola a antibióticos...

quinta-feira, julho 06, 2006

Tentar de novo


Sou o filho do meio duma fraternidade composta por 3 rapazes, cuja progenitora assume - de forma enfática - que desde a primeira tentativa esperava obter um elemento do sexo oposto, no entanto teve sempre azar na lotaria.

Poder-se-ia divagar acerca dos efeitos que tem sobre a psique de um jovem, saber que fomos uma desilusão para a nossa própria progenitora desde o segundo zero da nossa vida, mas reservo esse assunto para um post posterior.

Isto porque, não satisfeita com o facto de assumir que fomos um erro de casting, achou por bem informar-nos que os nossos nomes teriam sido - por ordem cronológica - Mariana, Margarida e Francisca.

Uma vez na posse desta informação, sinto-me na obrigação de indagar:

Se nunca chegou a ter uma filha, porque raio é que o nome escolhido mudou?!

2 comentários:

Pacheco disse...

E porque raio é que ela queria ter um francisco e uma francisca?!

MeiaLua disse...

Nunca pensei que fosses um traumatizado por causa da tua mãe querer ter filhas, Francisco. :p
A minha irmã era para ser um rapaz e para se chamar João mas quando nasceu ficou Inês e depois eu fiquei Joana. O que quer dizer que os meus pais gostam mais do nome Inês. Mas eu até gosto mais de Joana...