Feliz... Adaptado... Produtivo... Um pássaro numa gaiola a antibióticos...

domingo, julho 23, 2006

A tradição já não é o que era


A sociedade portuguesa mudou muito. Longe vão os tempos em que ao entrar num taxi, num café ou num restaurante, a probabilidade de depararmos com o frondoso bigode do proprietário era de níveis muito próximos de 100%.

É verdade que, no caso dos cafés e restaurantes, era constante verificar que a patroa também ostentava um farfalhudo ornamento piloso logo abaixo do nariz (no taxi obviamente isso não acontece, até porque a patroa não viaja com o patrão), o que ajudava a fazer subir a média, contudo isso em nada defrauda o real valor desta cientifica estatística. Prova disso, é o facto de largas vezes o patrão afirmaria que “em casa mando eu, e a patroa manda em mim...”, ao que se seguiria um riso histérico seguido de um estertor de catarro provocado por muitos anos de cigarrinho junto ao fogão, ou por cima do “peixe fresquinho”.

Hoje em dia as coisas tornam-se cada vez mais esterilizadas, a higiene e saúde estão na ordem do dia e mesmo os mais tradicionais estabelecimentos começam a enveredar pela via da sofisticação. É vê-los, os empregados, muito altivos e engomados, fazendo com que cada tasca se pareça com o melhor chez pierre.

Como resultado disto cada vez encontro menos pelos e cabelos no meu prato (o que até agradeço), mas infelizmente a comida cada vez sabe pior...

2 comentários:

Pacheco disse...

como o Miudinho, nao é ó exagerado!?

Cláudia disse...

dá que pensar...