Feliz... Adaptado... Produtivo... Um pássaro numa gaiola a antibióticos...

terça-feira, novembro 25, 2008

Palavra do senhor

Ao avistar uma papina,
o papa começou o bate-papo.
O papa deu-lhe uma papoila,
e pediu à papona pa pô-la numa jarra.

A papona apalpou o papa,
que excitado, virou papão.
O papa papou o papo da papina,
e assim foram de vento em popa.

Desse papamento, nasceram papooses,
uma papinha e um papinho.
Ambos papam pápas
que o papá papa dá a papar.

A papina não recuperou,
ficou tão papona
que o papa não mais a papou...

Oremos irmãos



3 comentários:

Anónimo disse...

Deves achar que es mais papista que o papa!
Ele nunca se teria esquecido das "papilas" ou das "pupilas" (Para ser mais correcto "pupilos", porque na realidade nao deixa de ser um padre).

Ja viste a miriade de possibilidades que tinhas se tivesses utilizado aquelas duas palavrinhas??
Podias ter inumeras combinaçoes, tal como "Enquanto o papa pápa pupilas, saboreia com as papilas as pilhas dos pupilos"...

Ok, tens razao... se calhar foi melhor teres deixado de fora as 2 palavrinhas.

Arhis disse...

É o que dá apanhar os hábitos dos belgas!!
Papa-se tudo!

Dany Days disse...

LOLOLOL. A modos que fiquei um pouco confusa com tanto papa... e seus derivados.
E quanto ao meu video fantástico... JURO que não era para fazer inveja até porque me lembrei muito do nosso grupinho brasuca (Mauricio,Ivete, Galega, Gabi... e companhia limitada)

Beijoka